Stemcorp
A Empresa

Nossos Principais
Diferenciais

A PROPOSTA DA STEMCORP É OFERECER a mais avançada tecnologia no isolamento, armazenamento e expansão de CÉLULAS-TRONCO MESENQUIMAIS de diferentes fontes

Os principais diferenciais da StemCorp são:

Equipe com mais de 10 anos de experiência em pesquisa com células-tronco e terapia celular;

Diversas publicações científicas em revistas internacionais renomadas;

Desenvolvedora de tecnologia;

– Associada à grandes Centros de Pesquisas Nacionais e Internacionais , estando sempre atualizada sobre os avanços científicos (USP e Universidade de Harvard);

Seus pesquisadores são responsáveis por mudar o paradigma de armazenamento de células-tronco ao demonstrar que o tecido do cordão umbilical é uma fonte muito mais rica em células-tronco mesenquimais se comparado ao sangue do cordão;

Primeiro grupo do Brasil a trabalhar com células-tronco do tecido adiposo humano;

Primeira empresa que trabalha exclusivamente com células-tronco mesenquimais de diferentes tecidos;

– Equipe notoriamente preparada e com um laboratório projetado para o armazenamento, cultivo, expansão e diferenciação de células-tronco mesenquimais cumprindo integralmente as normas da ANVISA;

– Primeira empresa brasileira apta a fornecer aos seus clientes células-tronco mesenquimais caracterizadas, na quantidade necessária e específica conforme solicitação médica;

Primeira e única empresa a coletar células-tronco da mamãe e do bebê no momento do parto.

A BUSCA PELA EXCELÊNCIA: NOSSO COMPROMISSO ÉTICO E NOSSA RESPONSABILIDADE ESTÁ EM TRAZER O QUE HÁ DE MELHOR PARA NOSSOS CLIENTES.

Referências Bibliográficas:

1. Secco M, Zucconi E, Vieira NM, Fogaça LL, Cerqueira A, Carvalho MDF, Jazedje T, Okamoto OK, Muotri AR, Zatz M. Multipotent stem cells from umbilical cord: cord is richer than blood! Stem Cells, 26:146-50, 2008.

2. Secco M, Zucconi E, Vieira NM, Fogaça LL, Cerqueira A, Carvalho MDF, Jazedje T, Okamoto OK, Muotri AR, Zatz M. Mesenchymal stem cells from umbilical cord: Do not discard the cord! Neuromuscul Disord, 18:17-8, 2008.

3. Secco M, Moreira YB, Zucconi E, Vieira NM, Jazedje T, Muotri AR, Okamoto OK, Verjovski-Almeida S, Zatz M. Gene expression profile of mesenchymal stem cells from paired umbilical cord units: cord is different from blood. Stem Cell Rev, 5:387-401, 2009.

4. Vieira NM, Brandalis V, Zucconi E, Jazedje T, Secco M, Nunes VA, Strauss BE, Vainzof M, Zatz M. Human multipotent adipose derived stem cells restore dystrophin expression of Duchenne skeletal muscle cells in vitro. Biol Cell, 100: 231-41, 2008.

5. Vieira NM, Bueno CR Jr, Bradalise V, Moraes LV, Zucconi E, Secco M, Suzuki MF, Camargo MM,Bartolini P, Brum PC, Vainzof M, Zatz M. Sjl dystrophic mice express a significant amount of human muscle proteins following systemic delivery of human adipose-derived stromal cells without immunosupression. Stem Cells, 26: 2391-8, 2008.

6. Vieira NM, Valadares M, Zucconi E, Secco M, Bueno CRJr, Brandalise V, Assoni A, Gomes J, Landini V, Andrade T, Zatz M. Human Adipose-Derived Mesenchymal Stromal cells injected systemically into GRMD dogs without immunosupression are able to reach the host muscle and express human dystrophin. Cell Transplant, 21(7):1407-17, 2012.