Stemcorp
Novidades

Células-tronco do cordão umbilical tratam insuficiência cardíaca

7 de novembro de 2017

A insuficiência cardíaca tem alta taxa de mortalidade. Cerca de 40% dos pacientes internados nos hospitais públicos e privados do Brasil morrem da doença. A estimativa é que 100 mil novos casos são diagnosticados a cada ano no país. É uma alta taxa de mortalidade e a busca de tratamentos eficazes que consigam melhorar as condições físicas dos pacientes é necessária.

O uso de células-tronco mesenquimais para tratamento de doenças cardíacas é assunto recorrente por aqui, veja nossos posts anteriores (clique aqui e aqui)! Mas recentemente um estudo publicado na revista internacional Circulation Research, mostra um novo tratamento utilizando as células-tronco mesenquimais do tecido do cordão umbilical para insuficiência cardíaca, onde foi mostrado que a terapia com células-tronco melhorou a qualidade de vida dos pacientes!

Cardiovascular

O estudo foi realizado em 30 adultos com insuficiência cardíaca estável. Um ano após a terapia a fração de ejeção do ventrículo esquerdo (FEVE) melhorou significantemente nos pacientes que receberam as células-tronco mesenquimais do cordão umbilical em comparação com os que receberam placebo.

A terapia é simples, consiste em tirar células-tronco mesenquimais do cordão umbilical e injetar via endovenosa nos pacientes. Além de não terem visto nenhum efeito colateral, os resultados positivos fizeram os autores ficaram animados! O estudo mostra que existe uma possibilidade de uma terapia não invasiva para este grupo de pacientes. E os portadores de insuficiência cardíaca enfrentam muitas dificuldades!

Os autores ainda discutem que existem estudos utilizando células-tronco de medula óssea com resultados positivos. Entretanto este é o primeiro estudo que mostra eficiência de células-tronco mesenquimais de cordão umbilical para insuficiência cardíaca. E vale lembrar que as células-tronco do cordão umbilical são mais jovens e por isso tem maior potencial, além de estarem mais disponíveis visto que cada vez mais os pais guardam essas células dos seus filhos.

Embora ainda precise testar o tratamento em um numero maior de pacientes, a terapia já se mostrou segura e levou à melhora significativa dos pacientes. Um novo estudo com um numero maior de pacientes já está começando para certificar estes resultados.

Mais um motivo para guardar as células-tronco mesenquimais do tecido do cordão umbilical do seu bebê!!

Últimas
Novidades